Carioca terá desconto de 40% em multas

Carioca terá desconto de 40% em multas

descontomultas

Os motoristas do Rio de Janeiro terão acesso, em até três meses, a um novo aplicativo que permitirá receber notificações sobre multas no smartphone, e conseguir descontos de até 40% para o pagamento.

A implantação do novo sistema começou nesta semana, após o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, publicar decreto no Diário Oficial do Município, que deu o pontapé inicial nos estudos que reformularão os processos de emissão de infrações.

Serão revisados todos os processos que envolvem a emissão e distribuição de multas para os cariocas, com o objetivo de diminuir os custos com logística.

Conforme explicou o diretor-presidente da Empresa Municipal de Informática do Rio, Fábio Pimentel, que coordena o processo, a decisão do prefeito visa a reduzir custos e repassar a economia para o motorista que vier a cometer infração.

Quando o sistema passar a funcionar, o condutor deve se cadastrar no Sistema de Notificações Eletrônicas, do Denatran, para só depois baixar o aplicativo que irá disponibilizar os valores das infrações. Os processos atuais de autuações e recursos não sofrerão mudanças.

Fonte : Jornal Extra

BRT : motoristas ameaçam parar na quarta

novembro 21, 2016 por · Comments
Filed under: Cartório na Barra da Tijuca, Cartório no Centro RJ 

BRT : motoristas ameaçam parar na quarta

brt2onibus

Motoristas dos três BRTs em funcionamento na cidade do Rio de Janeiro ameaçam entrar em greve depois de amanhã.

Em assembleias realizadas sábado, no Centro Social dos Rodoviários, em Rocha Miranda, a categoria optou pela paralisação do serviço de transporte devido ao elevado número de multas aplicadas aos profissionais que atuam nos corredores expressos.

O movimento, anunciado 72 horas antes, começará a partir da zero hora de quarta-feira por tempo indeterminado.

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio (Sintraturb Rio), Sebastião José, os motoristas não conseguem parar o veículo de imediato quando o semáforo passa de verde para amarelo. A solução para o problema seria instalar sinais inteligentes com temporizadores nos cruzamentos, indicando o tempo que falta para o sinal vermelho aparecer, o que evitaria que os profissionais fossem penalizados.

De acordo com Sebastião José, desde outubro do ano passado o sindicato vem negociando a proposta com a prefeitura, mas nada foi feito até agora.

— A categoria está decidida. É praticamente irreversível. Nosso temor agora é que a paralisação ganhe força também entre os motoristas de linhas regulares. Ficamos numa situação muito delicada, mas não temos como estender a decisão aos demais. Talvez haja uma adesão das linhas alimentadoras em solidariedade. No caso dos BRTs, há uma questão técnica, de segurança. Há um ano estamos nessa luta para colocar temporizadores nos sinais. As multas são absurdas. Tem motorista com R$ 1 mil no contracheque só com multas — contou.

O Rio de Janeiro tem hoje três corredores de BRTs em funcionamento.

O primeiro, inaugurado em 2012, é o Transoeste, hoje integrado à Linha 4 do metrô e que liga a Barra da Tijuca à Santa Cruz e Campo Grande. Dois anos depois, às vésperas da Copa do Mundo, o BRT Transcarioca passou a operar entre a Barra e o Aeroporto Tom Jobim.

Em julho deste ano, foi inaugurado o BRT Transolímpico, ligando Deodoro à Barra.

Há ainda o BRT Transbrasil (Centro-Deodoro), cujas obras atrasaram e só deve começar a operação no ano que vem.

De acordo com o consórcio BRT, cerca de 470 mil passageiros são transportados por dia pelo sistema. Em nota, o consórcio disse que “ainda não foi informado oficialmente da decisão, mas vai procurar as empresas consorciadas, que mantêm as relações de trabalho com os rodoviários, bem, como o poder público, a fim de buscar uma solução de consenso e de modo a evitar prejuízos à população”.

Procurados, a secretaria municipal de Transportes e o sindicato das empresas de ônibus do Rio (Rio Ônibus) não se manifestaram sobre a decisão.

Fonte : O Globo