INSS digital chega às agências para reduzir espera por benefício

INSS digital chega às agências para reduzir espera por benefício

inssdigital

O INSS implementará na próxima quinta-feira, em todo o Rio de Janeiro, o sistema INSS Digital, que pretende agilizar a liberação de aposentadorias.

Com isso, os 105 postos de atendimento do órgão no estado receberão os segurados apenas para checar a documentação, que será digitalizada e devolvida.

As cópias digitais serão encaminhadas a um polo de concessão, que analisará o requerimento. Depois disso, o beneficiário poderá acompanhar a tramitação do processo pela internet, por meio de um número de protocolo.

— Para passar do modelo comum de atendimento presencial e exclusivo nas agências para o digital, fizemos uma grande capacitação dos servidores. Agora, o modelo digital passa a funcionar com o objetivo de diminuir o tempo de espera pelo atendimento e o prazo de resposta do pedido — disse Paulo Eduardo Cirino, superintendente regional do INSS para Minas Gerais, Rio e Espírito Santo.

Hoje, segundo ele, a demora para conseguir atendimento chega a dois meses, e o tempo de resposta para o pedido de benefício gira em torno de cinco meses (150 dias).

Com o INSS Digital, a meta é diminuir a espera para ser atendido a no máximo uma semana e o prazo de resposta para até 45 dias.

Uma série de benefícios passarão a integrar o novo modelo de atendimento digital, mas o foco do INSS é acelerar a liberação de aposentadorias por tempo de contribuição.

— Hoje, a aposentadoria por idade já é automática : o segurado que tem os requisitos para se aposentar é avisado, e o benefício é concedido. O salário-maternidade também já é automático, liberado pelo portal Meu INSS. Com isso, os segurados não precisam ir aos postos, o que já desafoga as agências. Mas, em breve, não será mais possível agendar esses pedidos (nas agências), porque serão totalmente automáticos — disse.

Após o INSS Digital entrar em operação, o Rio de Janeiro será o primeiro estado do Sudeste e o décimo do país a ter todas as agências neste modelo.

Fonte : Jornal Extra

Resolva problemas no INSS sem sair de casa

Resolva problemas no INSS sem sair de casa

insssite

Com cada vez mais dificuldade para conseguir atender com qualidade os segurados nas agências, o INSS tem investido na internet para conseguir dar vazão à demanda por serviços, cada vez mais crescente no país.

Porém, o mundo digital pode ser uma barreira para alguns beneficiários, em especial os com idade mais avançada que não têm familiaridade com a internet.

Para facilitar a vida do segurado, o EXTRA mostra os serviços do INSS que já estão disponíveis pela internet, e ensina como emitir documentos simples, ou até mesmo acelerar o pedido de aposentadoria usando as ferramentas online.

Uma dos serviços importantes do portal meu.inss.gov.br é a possibilidade de o segurado enviar pela internet os documentos necessários para fazer o pedido de aposentadoria. O serviço só fica disponível para o beneficiário que já agendou o atendimento em uma agência. Assim, é possível, em seguida, enviar a cópia digitalizada , para que tudo seja analisado antecipadamente, antes mesmo de o segurado comparecer ao posto.

Essa modernização, que pode diminuir a espera por uma data de agendamento — que no Rio de Janeiro já chegou a sete meses — faz parte do projeto INSS Digital o novo modelo transforma a tramitação de processos em papel para o modo digital, tornando mais ágil a análise dos requerimentos.

O INSS Digital, segundo o órgão, também estabelece parcerias entre o instituto e organizações representativas para facilitar o acesso aos serviços, como a liberação de benefícios. Com isso, o segurado vinculado a uma dessas organizações pode fazer o pedido de um auxílio-doença ou aposentadoria, por exemplo, diretamente na entidade, sem precisar ir a uma agência do INSS.

Segundo informações do INSS, esse processo, que já funciona em algumas cidades do Brasil, será implementado no Rio a partir desse mês

De acordo com o presidente do INSS, Francisco Lopes, a modernização dos serviços do INSS é essencial :

— Um dos gargalos do INSS é o atendimento. Com a modernização dos serviços, vamos conseguir melhorar o atendimento ao cidadão.

Neste mês, o INSS começou a notificar cerca de 200 mil segurados com direito à aposentadoria por tempo de contribuição — 35 anos de recolhimento para homens, e 30, para mulheres — avisando que é possível conseguir a aposentadoria, de forma automática, pela internet.

Para aceitar a aposentadoria, o INSS disponibilizará, na internet (meu.inss.gov.br), todas as informações relacionadas ao benefício, sem a necessidade de o segurado agendar uma data de atendimento, que pode demorar até seis meses, no Rio. No portal, os segurados que receberão a notificação do órgão poderão conferir o tempo de contribuição, a média salarial calculada e o valor final do benefício, para, somente então, aceitar ou não a aposentadoria.

No ano passado, o INSS decidiu facilitar a concessão da aposentadoria por idade — concedida ao trabalhador com mínimo de 180 meses de trabalho, além da idade mínima de 65 anos, se homem, ou 60 anos, se mulher —, para quem já tinha direito ao benefício. Nesse ano, segundo o INSS, cerca de 195 mil segurados, que estão aptos a receber a aposentadoria por idade, conseguirão o benefício automaticamente, e serão notificados pelo INSS ao longo de 2018.

Fonte : Jornal Extra

‘INSS Digital’ promete reduzir tempo de espera por benefícios

‘INSS Digital’ promete reduzir tempo de espera por benefícios

inssfila

Segurados do INSS no Rio terão uma novidade nos serviços digitais implementados pelo órgão. Braço do projeto chamado ‘INSS Digital’, empresas poderão, a partir de um acordo de cooperação técnica com o instituto, facilitar a vida do trabalhador na hora de solicitar benefícios como aposentadoria, pensão por morte e auxílio-maternidade.

— Com o acordo, trabalhadores que solicitarem esses serviços não precisão ir a uma agência entregar os documentos. Toda a documentação será entregue para a própria empresa, que encaminhará ao INSS digitalizado. Isso vai desburocratizar o primeiro atendimento e agilizar o acesso aos benefícios — explica Luciana Melo, chefe da divisão de benefícios do INSS no Rio de Janeiro.

Na primeira etapa do programa, trabalhadores de companhias de diversos setores poderão solicitar serviços sem precisar fazer agendamento em alguma agência da Previdência Social.

Segundo dados do INSS, o tempo médio de espera para o primeiro atendimento em uma das agências, no Rio, chega a quatro meses.
— Com o projeto não será necessário esperar um tempo tão longo para entregar a documentação em uma agência. E, com a desburocratização, que deixará toda a documentação na nuvem, diminuiremos o tempo total de espera para liberar o benefício — diz Luciana Melo.

Conforme informou a gerente do INSS ao EXTRA, os acordos de cooperação técnica podem ser ampliados no Rio de Janeiro ao longo deste ano e em 2018.

A ideia é que entidades representativas, como sindicatos, também possam receber a documentação de trabalhadores para o requerimento de benefícios.

Fonte : Jornal Extra