Correios ganham opção de rastreamento de encomendas por CPF

Correios ganham opção de rastreamento de encomendas por CPF

correioscpf

A partir desta quinta-feira, 25 de janeiro, os Correios inauguram um novo sistema de rastreio de pacotes. Agora será possível acompanhar a entrega de encomendas utilizando apenas o código do seu CPF ou CNPJ.

O modelo era uma demanda antiga dos clientes, como informa o presidente da estatal Guilherme Campos. Faz sentido, afinal de contas : atualmente é necessário informar um código de postagem do objeto, que é quase impossível de ser decorado, enquanto todo mundo com um CPF provavelmente já o consegue recitá-lo de trás para frente.

A utilização deste novo sistema, no entanto, depende da informação do CPF ou CNPJ tanto do remetente quanto do destinatário na hora de deixar o pacote nos Correios. Além disso, é necessário fazer um cadastro no site dos Correios.

É interessante notar que com o recurso, também é possível agrupar todos os pacotes enviados para o seu CPF, o que permite acompanhar a situação de várias encomendas de uma tacada só. Tanto remetente quanto destinatário podem acompanhar a trajetória desta forma.

Fonte : Olhar Digital

CPF obrigatório a partir de 12 anos

CPF obrigatório a partir de 12 anos

cpflindo

A Receita Federal publicou uma Instrução Normativa no Diário Oficial da União, que torna obrigatório o número de CPF para dependentes com 12 anos ou mais no Imposto de Renda (IR).

A exigência já vale para a prestação de contas de 2017.

Até então, a obrigatoriedade abarcava somente quem tinha mais de 14 anos.

Com a exigência, a Receita Federal pretende reduzir os casos de retenção de declarações em malha fina e as fraudes relacionadas à inclusão de dependentes fictícios.

Além disso, querem prevenir a inclusão de um mesmo dependente em mais de uma declaração.

O prazo de entrega da declaração 2017 começará no dia 2 de março e vai até 28 de abril.

O ajuste de contas se refere aos ganhos dos contribuintes em 2016.

O programa para declarar o imposto estará disponível para download no site da Receita Federal, a partir de 23 de fevereiro.

O subsecretário de arrecadação da Receita Federal, Carlos Occaso, explicou que a tendência é que a idade diminua ao longo dos anos, à medida que muitos cartórios já emitem o CPF junto à certidão de nascimento.
— Hoje, o CPF é incorporado a vários processos de cidadania. Vai chegar um período em que todos os cidadãos terão CPF e não será mais uma obrigação.

Desde dezembro de 2015, é possível emitir CPF para recém nascidos no Brasil. Pais e mães podem fazer os registros nos 3.900 cartórios que oferecem o serviço. Até outubro de 2016, o número de recém-nascidos registrados chegou a um milhão.

Fonte : Jornal Extra