Caixa estuda abrir nos fins de semana para saques de FGTS

Caixa estuda abrir nos fins de semana para saques de FGTS

fgtsfundologo

A Caixa Econômica Federal confirmou que estuda a abertura de suas agências aos sábados e domingos para facilitar os saques dos saldos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A medida teria o objetivo de facilitar as operações para os mais de dez milhões de trabalhadores que terão o direito de retirar os valores acumulados em contas sem novos depósitos.

A decisão, no entanto, deverá sair em breve.

Isso porque a Caixa Econômica Federal informou que está trabalhando para que o calendário de saques das contas inativas seja divulgado ainda neste mês, de preferência até o dia 15.

Os saques deverão começar já a partir de março, de acordo com o mês de nascimento de cada trabalhador. Inicialmente, a ideia seria permitir a retirada para os nascidos em janeiro e fevereiro. Ou seja, dois grupos a cada mês.

Já circulam na internet alguns calendários não oficiais de saques. A Caixa alerta, no entanto, que esses cronograma devem ser ignorados. As informações oficiais serão divulgadas, em breve, pelo site da instituição (www.caixa.gov.br) e pelos perfis do banco no Twitter: @imprensacaixa e @caixa.

As consultas aos saldos de contas inativas do FGTS, porém, já podem ser feitas. Basta acessar www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/contas-inativas ou usar o aplicativo do FGTS, o internet banking e os terminais de autoatendimento, com o Cartão do Cidadão (que exige uma senha cadastrada).

A liberação dos saques de contas inativas vinculadas a empregos antigos — dos quais os trabalhadores pediram demissão ou foram desligados por justa causa até dezembro de 2015 — foi anunciada ainda no fim do ano passado.

A expectativa é que as retiradas injetem mais de R$ 30 bilhões na economia do país ao longo de 2017.

Fonte : Jornal Extra

 

FGTS : saques de contas inativas a partir de março

FGTS : saques de contas inativas a partir de março

fgtsfundologo

 

Considerada uma das medidas mais populares do governo Michel Temer, a liberação dos saldos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já tem uma data para começar.

A ideia é que, em 13 de março, os primeiros trabalhadores já possam sacar os valores.

Até o dia 31 de julho, todos os brasileiros que têm dinheiro parado nessas contas poderão fazer o resgate dos recursos acumulados em anos de trabalho na iniciativa privada.

O governo espera que 15 milhões de pessoas realizem os saques.

Ao todo, R$ 30 bilhões deverão entrar em circulação na economia com a medida.

O presidente Michel Temer ainda tem que aprovar o calendário de retiradas já elaborado pela Caixa Econômica Federal.

A ideia era começar a liberar os recursos em fevereiro, mas isso não será possível por uma questão técnica.

Para permitir os saques, existe uma logística a ser montada pela instituição financeira, como o treinamento dos funcionários, a organização das agências para receber os trabalhadores e a criação de um serviço 0800 para esclarecer dúvidas.
— Imagine que é uma operação maior do que o pagamento de todo o programa Bolsa Família, que tem 14 milhões de famílias beneficiadas — ressaltou um interlocutor do presidente.

Os trabalhadores com direito a saque serão chamados segundo suas datas de aniversário.

Em março, terão o direto de sacar o FGTS das contas inativas os que nasceram em janeiro e fevereiro. Nos quatro meses seguintes, os demais, em etapas, conforme o mês de nascimento.

Fonte : Jornal Extra