Novas regras do IPTU devem tirar de isenção mais de 320 mil imóveis

junho 26, 2017 por
Filed under: Cartório na Barra da Tijuca, Cartório no Centro RJ 

Novas regras do IPTU devem tirar de isenção mais de 320 mil imóveis

iptuimagem

As novas regras propostas para o pagamento do IPTU que estão em discussão na Câmara dos Vereadores do Rio devem tirar de isenção mais de 320 mil imóveis.

Ao mesmo tempo, dados apresentados por técnicos da Secretaria municipal de Fazenda indicam que 40,2% dos contribuintes proprietários de imóveis residenciais, comerciais e terrenos (777.066 de 1,9 milhão) permaneceriam sem pagar o IPTU se o projeto for aprovado. Hoje, esse percentual chega a 56,90% (1,1 milhão).

Destes contribuintes que ficariam isentos, 528 mil deixariam de pagar IPTU porque teriam que recolher até R$ 96, valor baixo e que não compensaria o custo com a cobrança.

Dos quase 250 mil restantes, boa parte deles estão localizados em loteamentos populares nas Zonas Norte e Oeste do Rio. Esses imóveis têm valor venal de cerca de R$ 200 mil.

Das 1,5 milhão de residências, 485.021 (31,2%) permaneceriam sem recolher o imposto. Proporcionalmente, a região conhecida como AP 5 (Zona Oeste, excluindo Barra, Recreio e Jacarepaguá) ainda teria 68,3% de suas residências (194.093) isentas de IPTU, após as alterações.

Na chamada AP 2 (Grande Tijuca e Zona Sul), o total de isenções cairia de 1623 para 1.536.

O diretor jurídico da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis do Rio (AbadiRJ), Marcelo Borges da Silva, diz que o setor estima que entre aqueles que já pagam o tributo o reajuste chegará a 50%.

— A gente entende que o reajuste de imposto é inevitável. Mas tem que ser feito com critério — disse Marcelo.

Fonte : Jornal Extra

Comentários